Notícias ::

19.08.2013

Mobilidade Urbana: ações e soluções com a presença da Palácio Locação de Máquinas

No Recife, a navegabilidade do Rio Capibaribe sai do papel com o plano visa ao alargamento de suas margens para permitir o curso das embarcações. O projeto prevê duas rotas: a rota Oeste, que abrange o Centro e os bairros do Derby, Torre e Apipucos, e a rota Norte, com os bairros de Santo Antônio, São José, Boa Vista e Santo Amaro. A previsão, de acordo com a Prefeitura, é realizar o transporte de 335 mil passageiros por mês, em 156 viagens por dia.

Ainda na capital pernambucana, o corredor Leste-Oeste segue a todo vapor e promete agilizar o ritmo do trânsito em um dos principais gargalos da cidade: o cruzamento da Rua Real da Torre com a Avenida Caxangá. No total, serão 12,3 quilômetros renovados para o uso da população e do grande número de turistas esperados para a Copa do Mundo FIFA 2014.

Outras regiões do estado também ganham modificações com o objetivo de melhorar as condições das estradas, aprimorar a logística de produtos e serviços e facilitar a circulação de pessoas. Através da concessionária Rota do Atlântico, a rodovia Expressway será a segunda em Pernambuco a operar com pedágio. Seu percurso, com 43 km, tem início na altura do Hospital Dom Hélder Câmara, no Cabo de Santo Agostinho, e término em Nossa Senhora do Ó, no litoral Sul. Estima-se que cerca de 15 mil veículos passem diariamente pela nova via, composta por cinco viadutos.

A Palácio Locação de Máquinas ainda marca a presença em outras importantes edificações para a economia do estado, como o Porto de Suape, considerado o mais tecnologicamente avançado do Brasil e entre os cinco com maior capacidade do país.

Voltar